Campo de Busca
Sua cotação
Produto Quantidade
Nenhum produto adicionado.
Nosso fixo é WhatsApp! WhatsApp (51) 3406-1717

Informativos

Dióxido de carbono: Por que e onde monitorar?

Granjas

A qualidade do ar nos galpões é com certeza um dos pontos mais importantes no controle da ambiência nos aviários. O nível de CO2 deve ser constantemente monitorado, e se caso atingir níveis elevados deve-se aumentar a ventilação do ambiente, evitando perdas na produtividade e a aparição de doenças.  

Frigoríficos

Criada em 2013, a NR-36 é uma norma regulamentadora que tem por objetivo proteger os trabalhadores contra os riscos presentes nas atividades desenvolvidas pelas indústrias de abate, processamento de carnes e derivados. Um dos itens mais importantes da norma é o monitoramento de gases, entre eles o CO2.


Estufas de plantas

A concentração de CO2 nas estufas influencia muito a taxa de crescimento das plantas, por isso o nível de CO2 deve ser monitorado. Níveis muito baixos de CO2  limitam o crescimento, mas níveis muito altos deste gás também são prejudiciais, causando danos como folhas queimadas. 

Escritórios / salas de aula

Altos níveis de CO2 afetam a concentração e habilidade de decisão das pessoas, além de causar sonolência, desencadeando um declínio no desempenho nas atividades diárias. Enquanto a concentração de CO2 em ambientes abertos é de 380 ppm, em lugares fechados este número podem passar de mil. Os altos níveis em ambientes fechados geralmente ocorrem devido à baixa ventilação.